Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

Gaikuo-Captain: quando autor e obra se fundem

O estudante de Engenharia Química Gaikuo-Captain é também um ilustrador. Apaixonado por comics, animes, mangás e filmes, o que torna seu trabalho diferente é o fato de ele interagir com seus desenhos. Ele se imagina nas mais diversas situações dignas de histórias em quadrinhos e mescla fotografia e ilustração para compor essas imagens.

Smart Highways: as estradas que brilham no escuro

Desenvolvidas pelos designers holandeses Daan Roosegaarde e Heijmans Infrastructure, as “Smart Highways” estão dando o que falar. Caracterizadas como “rodovias do futuro”, consistem num jeito mais sustentável, interativo e inteligente de se pensar as vias rodoviárias da Holanda a partir de tecnologias como estradas que brilham no escuro, pinturas dinâmicas que alertam o motorista sobre as condições da pista e luzes interativas. Tudo à base da energia solar captada durante o dia.

Formas criativas de guardar seus livros

Qualquer seja sua preferência quando o assunto é literatura – romance, ficção, não-ficção e por aí vai-, se você é daqueles que gostam de ter um bom livro em mãos (e não um tablet, por exemplo), vai sempre precisar de um lugar para guardá-los. E por que não fazer isso de uma maneira criativa? Confira a seguir uma seleção de estantes que fogem das tradicionais e além de abrigarem seus livros, também enriquecem a decoração do lugar.

Stéphane Munnier (Goanna)

Que impressões um estrangeiro tem do Brasil? Há 10 anos, o francês Stéphane Munnier, o “Goanna”, designer, mestre em flash e fotógrafo se apaixonou por nosso país – e por uma brasileira. Morando no Rio de Janeiro e portando sua lente objetiva, captura da forma mais íntima possível retratos de nossa rica e múltipla cultura, enxergando, por muitas vezes, coisas que nós mesmos não percebemos. Confira a entrevista.

Escultura feita com mais de 100 mil palitos de dente: um exercício de paciência

Há 35 anos, Scott Weaver já trabalhava nessa escultura. Utilizando-se de palitos de dente, ele continua expandindo-a e modificando-a todos os dias. A “Rolling Through The Bay” consiste em múltplos “tours” de bolinhas de ping pong pelas vizinhanças, lugares históricos e símbolos da cidade de San Francisco, recriados com cola, palitos de dente e muita, mas muita paciência e criatividade.

Os mosaicos de Ed Chapman

O britânico Ed Chapman já criou vários incríveis mosaicos de uma série de materiais, como cerâmica, palhetas de guitarra, açúcar, vidro e moedas. Pioneiro na arte de juntar pequenas peças de determinados materiais para transformá-los em figura, seu estilo é facilmente reconhecido, e suas peças são exibidas em mostrar e paredes de famosos por todo o mundo. Confira!

Campanha mostra mensagem anti-abuso infantil somente para crianças

O dia 25 de abril foi marcado como o dia da luta contra os maus tratos infantis. Pensando na data – e nesse problema mundial – a filial espanhola da Grey criou a campanha “Solo para Niños”, encomendada pela ANAR (Ayuda a Niños y Adolescentes in Riesgo). Partindo do pressuposto de crianças e adultos têm alturas diferentes (adultos medem, em média, 1.75m e crianças de até 10 anos, 1.35m) e, consequentemente, ângulos de visões diferentes, um cartaz foi criado.