Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

Quase bípedes

Nascido na Noruega, Simen Johan estudou na School of Visual Arts de Nova Iorque, cidade em que atua. Johan fotografa animais que vivem em zoológicos, fazendas e reservas naturais, que sofreram taxidermia ou foram achados acidentados em estradas. Todos eles parecem ter um ar sobre-humano na série Until the Kingdom Comes. O ensaio do escandinavo…

Imagens por encomenda

Andrew Lyons trabalha como ilustrador freelancer em uma pequena cidade da Normandia, no norte da França. Tendo cursado Belas Artes na universidade, especializou-se em pintura de grandes murais abstratos com tinta a óleo. Influenciado por artistas como William Scott e Ben Nicholson, e na infância por livros do Tintim, Lyons já alcançou um traço particular.  …

As joaninhas somos nós

A escultura em forma humana, construída por Fulop Gabor, chama atenção pela bela transição de cores entre o vermelho e o amarelo. Porém, ao olhar mais de perto, observamos que ela foi feita com milhares de joaninhas (que não são verdadeiras, antes que perguntem). Segundo Gabor, a obra denominada Lady Bug é uma referência à…

O fogo da arte

Steven Spazuk vive na região francesa do Canadá, em Quebec. Antes de experimentar com a técnica que gerou os trabalhos que você vê abaixo, ele realizava pinturas tradicionais com tinta acrílica. Foi depois de um sonho, em que viu uma paisagem e sabia que havia sido feita com fogo, que começou a desenvolver a inovadora…

Heróis em outras peles

JKB Fletcher realiza pinturas hiperrealistas utilizando tinta a óleo. Seu método de trabalho envolve encontrar a modelo ideal e depois fotografá-la no ângulo certo, o que leva a muitas tentativas, segundo o autor. Só depois começa a pintura em tela. Nascido na Inglaterra, ele se baseia nos quadrinhos da DC e da Marvel em suas…

Bloody Cool

Para quem ainda não sabe, a Zupi tem o espaço Fama, dedicado àqueles que querem montar seu portfolio criativo online. O nosso caça-talentos está sempre de olho nos trabalhos que estão sendo publicados. Façam barulho para os cinco rockstars selecionados, que estampam o nosso Bloody Cool: Alexandre Neves, André Bobna, Viviani Fujiwara, Maniaks e Matheus…

Interiores cristalinos

Peony Yip, aka The White Deer, se diz uma artista amadora que tenta traçar o seu próprio caminho. Além do desenho, sorvetes de chocolate com menta e fotografia fazem o coração desta jovem chinesa bater mais forte. As conceituais e humildes ilustrações de Peony são feitas a lápis e contrastam a cor grafite com a…

Olhares em condução

Ser filha de artistas ajudou a canadense Edith Lebeau a construir seu próprio mundo imaginário. Cursou a Universidade de Belas Artes de Quebec, formando-se em 2005. Os personagens de suas pinturas são geralmente mulheres que apresentam feições bem expressivas. Segundo a artista, o olhar é a coisa mais importante de seu trabalho, “a maneira pela…

Humor nuclear

A empresa Ecotricity encontrou uma boa maneira de mostrar suas intenções. Com o vídeo Collapsing Cooling Towers (colidindo torres de resfriamento em tradução livre), ela crítica, com uma abordagem simpática, o perigo que as usinas nucleares causam à humanidade A ideia é apoiar os investimentos em formas de produção mais limpas, como a eólica e…