Em 2001 nasceu a Zupi com o foco em promover, inspirar e registrar os melhores artistas e criativos do Brasil e do mundo. Com curadoria de Allan Szacher, mais de 200 colaboradores espalhados no mundo e com uma equipe de criativos multidisciplinares a revista cresceu, saiu da internet, foi para o papel, é bilingue (inglês e português), distribuida em mais de 22 paises, encontrada nas redes sociais, em Apps de conteúdo, com centenas de milhares de leitores, criou o Pixel Show (maior festival de criatividade da América Latina), fundou a Zupi Academy (formando mais de 8 mil alunos no Brasil com diversos cursos e workshops), lançou livros de arte, revistas customizadas, fez curadorias de conteúdo para diversas marcas e muitas exosições e a cada ano tem lançado novos projetos culturais diferenciados com apoio de grandes marcas inovadoras.

Mundo fluorescente

Rachell Sumpter vive em uma pequena ilha em Puget Sound, uma região dos Estados Unidos. Cercada por árvores enormes que rangem sob a força dos ventos locais, sofrendo com chuvas e nevascas, vendo lama por toda a parte, a artista recebe inspiração. “É onde gosto de criar, e a ilha e a comunidade transparecem cada…

Colagem de Patrick Bremer

Patrick Bremer nasceu em 1982, na Inglaterra. Estudou pintura no Wimbledon College of Art, em Londres, e em 2007 recebeu um prêmio da Royal Society of Portrait Painters por seus retratos. Nas múltiplas modalidades artísticas praticadas por Bremer (desenho, pintura e colagem), as representações figurativas e os retratos ocupam posição central em sua produção. Feitas…

Tornados de 5 mil livros

Os livros, enquanto embaixadores do conhecimento, são capazes de virar de cabeça pra baixo nossas ideias preestabelecidas e preconceitos. Talvez seja por essa propriedade especial que, nas instalações de Alicia Martín, os livros assumem a forma de um tornado ou uma catarata colossal. No projeto Biografias, a artista espanhola constrói essas grandes esculturas com cerca…

O kitsch carnavalesco

Alicia Paz é uma artista nascida no México, mas estamos quase convencidos que ela tem o espírito brasileiro. Suas pinturas coloridas, que levam não apenas tinta de vários tipos, mas uma infinidade de outros materiais, trazem um quê de carnavalesco kitsch simplesmente irresistível. Elaborando questões conceituais sobre hibridismo, junção/disjunção e metamorfose, Alicia cria quadros ricamente…

Impacto de primeira página

Em um projeto contínuo que vem desde 2004, intitulado Art for Modern Architecture, a artista Marine Hugonnier já produziu inúmeras peças provocativas, algumas das quais estiveram em exposição no final de 2011, no grande Miami Art Basel. Francesa que vive em Londres, Hugonnier usa as primeiras páginas de diversos jornais diários para investigar o valor…

Num bairro muito, muito distante

A atividade de vasculhar o portfolio de Paul Davies é mágica. De repente, é como se estivéssemos caminhando em círculos por um bairro afastado e desconhecido, nos perguntando, receosos: “Onde estou? Isso existe?” Isso porque o foco do artista é a arquitetura moderna/contemporânea e sua oposição ao mundo natural. Com cores sobrenaturais e formas que…

Entre a pintura e a biologia

Nascido em uma família católica de Nova Jersey, George Boorujy sempre se interessou pelo mundo natural e por desenho. Quando saiu de casa para a faculdade, foi com planos de estudar a biologia marinha. Interessantemente, George voltou com um diploma em artes. “As pessoas costumam achar que foi uma grande mudança, mas para mim não…

Le Turk

    Este é Le Turk, um fotógrafo misterioso que vive as sombras de seu pseudônimo. O espírito acordou em uma noite simples, enquanto o headphone do francês pulava ao som de Bach. A partir deste encontro, as mãos do fotógrafo e uma câmera Nikon começaram a enquadrar cenas memoráveis. As fotografias aqui expostas são…

Ilustras de Matthew Wade

O que se sabe sobre Matthew Wade é o que ele próprio escreve em seu website: depois de alguns projetos de videoarte no ensino médio e curtas exibidos internacionalmente, mudou-se para Vancouver e de lá saiu com um diploma em Animação. Dali, a próxima parada foi Hollywood, onde atualmente trabalha como freelancer. Nós nunca vimos…

Icy and Sot

Por mais esperança e pelas crianças. Por amor e pelos direitos humanos. Por estes e outros motivos os irmãos Icy e Sot estampam seus stencils ao redor do Irã, país onde vivem. A dupla começou na streetart em  2006, mas o propósito engrenou dois anos depois deixando, cada vez mais, ambientes públicos com imagens que…

A duas cores

Quem se lembra do trabalho de Alberto Seveso que publicamos aqui na Zupi sabe que a fluidez das formas é a sua praia. A boa nova é que o artista italiano publicou em sua página um novo trabalho, A Due Colori, onde produz espécies de esculturas fluidas em duas cores. O processo de criação em…

A sustentável leveza dos bebês

Ah, a doce e fresca inocência dos bebês… quem é que não se deixa encantar por ela? É justamente essa característica dos pequeninos que torna as fotos de Rachel Hulin tão mágicas, tão encantadoras de fato. Em The Flying Series, a norte-americana fotografa lindos bebezinhos flutuando por aí, como se fossem verdadeiros anjos sobrevoando a…

Em busca do inacabado

Quando o processo criativo de um ilustrador envolve um rascunho inicial que vai sendo aos poucos incrementado, até atingir “o ponto”, o resultado final pode muitas vezes guardar poucas semelhanças com o esboço inicial. Faz parte da evolução do trabalho, afinal de contas. Mas Nicolle Florian demonstra preocupações diferentes. O jovem ilustrador busca criar imagens…

O cemitério de neon

Apaixonado por fotografia e viagens, Frank McKenna não precisa de muito mais que isso pra ser feliz (morar na Califórnia também ajuda, né não?). Ele admite só se arrepender das fotos que não tira, porque “em cada dez mil registros encontro um que é excepcional, e adoro esse sentimento.” Durante uma de suas viagens, McKenna…