As 50 melhores capas de álbuns indie que você precisa conhecer

A NME é uma revista britânica de música que publica suas edições desde 1949. Com larga bagagem essa revista continua sendo muito importante no cenário musical e está em alta com o público indie. Pensando nisso, a Zupi traz a lista atualizada de 50 capas mais icônicas de álbuns indie e a história por trás de cada uma, de Bob Dylan a Nirvana, por ordem de lançamento.

s-de-album-indie-pela-nme-elvis-presley-elvis-presley-1959

Elvis Presley “Elvis Presley” (1959)

A capa do primeiro disco do rei ecoou por muitos anos servindo de inspiração para muitos outros artistas. Em Agosto de 2002 o especialista em Elvis, Joseph A. Tunzi, descobriu que, diferente do que se acreditava que a foto teria sido tirada em 31 de julho de 1955 em Tampa, na Flórida, ela foi na verdade tirada por William V “Red” Robertson (fotógrafo da Robertson & Fresh).

50-capas-de-album-indie-pela-nme-bob-dylan-the-freewheelin-bob-dylan-1963

Bob Dylan “The Freewheelin’ Bob Dylan” (1963)

Tirada no mesmo em que o álbum foi lançado, a capa traz o cantor e sua então namorada Suze Rotulo caminhando pela Jonas Street em Nova York. Uma vez a crítica Janet Maslin escreveu que a capa ˜inspirou inúmeros jovens a curvar os ombros, olhar distante, e deixar a garota abraçar,”, mas na verdade Dylan estava apenas com frio.

www.bobdylan.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-kinks-the-kinks-1964

The Kinks “Kinks” (1964)

A foto foi tirada por Klaus Schmalenbach que veio a trabalhar com a banda em vários dos seus lançamentos subsequentes. Mais tarde ele se tornou executivo de gravação da BMG.

www.thekinks.info

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-kinks-the-kinks-are-the-village-green-preservation-society-1968

The Kinks “The Kinks Are The Village Green Preservation Society” (1968)

A foto foi tirada na Kenwood House em Hampstead Heath, Inglaterra. O fotógrafo do jornal Melody Maker, Barrie Wentzell, quem tirou as fotos. Esse álbum foi o último a conter a formação original da banda, antes da saída do baixista Pete Quaife em 1969.

www.thekinks.info

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-velvet-underground-the-velvet-underground-1969

The Velvet Underground “The Velvet Underground” (1969)

As imagens da frente e de trás do álbum são fotos tiradas pelo artista Billy Name, que vivia no estúdio de Andy Warhol em Nova York ’The Factory’ na época em que o álbum foi lançado. Ele é citado por Lou Reed na música ‘That`s The Story Of My Life’.

50-capas-de-album-indie-pela-nme-crosby-stills-e-nash-deja-vu-1970

Crosby, Stills, Nash & Young “Deja Vu”(1970)

Stephen Stills queria que a capa parecesse uma foto da era de 1860. Para conseguir isso, a banda alugou roupas parecidas numa loja de roupas e pediu para o fotógrafo Tom O`Neal usar uma câmera antiga de madeira para a sessão, que foi feita na casa de aluguel de David Crosby.

50-capas-de-album-indie-pela-nme-led-zeppelin-iv-1971

Led Zeppelin “IV” (1971)

Como um xingamento aos críticos que elevaram os três primeiros álbuns do Led Zeppelin, eles decidiram lançar seu quarto álbum sem título. Ao invés de palavras, a capa contém um quadro que o vocalista Robert Plant encontrou em um navio e antiguidades em Reading. O registro em si exibe quatro símbolos, ou ruinas: um para cada membro da banda.

www.ledzeppelin.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-pink-floyd-the-dark-side-of-the-moon-1973

Pink Floyd “The Dark Side Of The Moon” (1973)

A gravadora do Floyd não estava feliz com a capa de um prisma, insistindo que era muito minimalista. ‘Dar Side…’  acabou sendo o álbum mais vendido deles. O grupo de arte Hipgnosis, o time por trás do design, disse que o prisma foi feito para celebrar as famosas luzes dos shows da banda.

www.pinkfloyd.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-elton-john-goodbye-yellow-brick-road-1973

Elton John “Goodbye Yellow Brick Road” (1973)

O Ilustrador Ian Beck foi escolhido para a capa graças ao seu trabalho com o cantor e compositor Jonathan Kelly em ‘Wait Till They Change The Backdrop’. A Companhia de Elton Rocket Record estava tão apaixonada que queriam usar a mesma imagem. Elton parece ter pernas longas porque Beck pediu a seu amiga mais alta Leslie McKinley Howell para posar para as fotos.

www.eltonjohn.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-lou-reed-rock-n-roll-animal-1974

Lou Reed “Rock N Roll Animal” (1974)

A imagem da capa é creditada ao fotógrafo pouco conhecido DeWayne Dalrymple, que trabalhou durante os anos 60 e 70 com artistas, incluindo Wilson Pickett e a banda psych-folk The Trout.

www.loureed.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-david-bowie-diamond-dogs-1974

David Bowie “Diamond Dogs” (1974)

Bowie aparece como um personagem meio-homem, meio-cachorro Halloween Jack, o líder da gangue Diamond Dogs. O fotógrafo Terry O`Neill tirou as fotos que foram dadas ao artista belga Guy Peellaert para serem transformadas em pintura. Os executivos da gravados RCA ficaram preocupados com as genitálias dos cachorros à mostra e censuraram a imagem. “Eu achei isso bem triste,” disse depois Peellaert.

www.davidbowie.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-ramones-ramones-1976

The Ramones “Ramones” (1976)

As lendas do punk originalmente queriam uma capa similar a do ‘Meet the Beatles!’ para o seu álbum homônimo, mas depois de uma sessão desastrosa a qual o cartunista John Holmstrom descreveu como “arrancando os dentes”, optaram por uma gritante simplicidade: a banda se alinhou contra uma parede de tijolos, habilmente capturada pela fotógrafa Roberta Bayler.

www.ramones.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-kraftwerk-the-man-machine-1978

Kraftwerk “The Man Machine” (1978)

Uma tomada impressionante de Lissitzky e Rodchenko, essa imagem construtivista tem um ar opressivo, mas não diretamente comunista ou fascista: como disse o percussionista Karl Bartos, tinha ˜uma imagem paramilitar forte, mas é uma contradição porque nós usamos camisas vermelhas e não marrom.”. Para tornar a arte ainda mais desconcertante, o título aparece em quatro línguas diferentes.

www.kraftwerk.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-blondie-parallel-lines-1978

Blondie “Parallel Lines” (1978)

Essa capa famosa fez com que o empresário da banda Peter Leeds fosse despedido. Sem contar para a banda, ele escolheu a imagem que havia sido rejeitada pela vocalista Debbie Harry – “Eu não acho que esse seja um ótimo design, pessoalmente,” ela disse – sem informar a banda, que esperava que mostraria eles se mesclando nas linhas monocromáticas. Leeds foi substituído por Shep Gordon.

www.blondie.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-joy-division-unknown-pleasures-1979

Joy Division “Unknown Pleasures” (1979)

O renomado artista Peter Saville desenhou a capa se baseando em uma imagem de ondas de rádio tiradas da Enciclopédia de Astronomia de Cambridge. A imagem original, criada em 1970, foi então revertida para que preto fosse a cor dominante, levando a instantaneamente reconhecível imagem que vem sendo replicada em mercadorias desde então.

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-clash-london-calling-1979

The Clash “London Calling” (1979)

O fotógrafo Pennie Smith no queria que esta foto embaçada tirada ao vivo estampasse a capa do disco, mas Joe Strummer e o designer gráfico da banda, Ray Lowry, anularam a decisão, acrescentando as distintivas letras em rosa e verde do álbum de estreia de Elvis Presley. Os restos mortais do baixo estão agora em exposição no Rock and Roll Hall of Fame de Cleveland.

www.theclash.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-cure-boys-dont-cry-1980

The Cure “Boyd Don`t Cry” (1980)

A capa para ‘Three Imaginary Boys’ trazia uma geladeira, um aspirador de pó e uma lâmpada – a última, aparentemente, representando Smith. O mesmo designer, diretor de arte da Polydor Bill Smith, produziu uma capa com similar habilidade para ‘Boys Don`t Cry’, embora parece interpretar a faixa ‘Fire in Cairo’ literalmente.

www.thecure.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-acdc-back-in-black-1980

AC/DC “Back In Black” (1980)

A capa do LP clássico de 1980 foi um design simples de uma planície em preto austero, em honra do ex-vocalista do AC/DC Bon Scott, que faleceu no mesmo ano depois de beber até a morte.

www.acdc.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-replacements-let-it-be-1984

The Replacements “Let It Be” (1984)

A imagem da frente do álbum foi tirada por Dan Corrigan e traz os músicos do The Replacements sentados no telhado da casa da família dos Stintsons. Da esquerda para a direita está Paul Westerberh, Bob Stinson, Chris Mars e Tommy Sinstison. Essa imagem é dita como uma homenagem ao último concerto dos Beatles realizado no telhado da gravadora durante as sessões de ‘Let It Be’ em 1969.

www.thereplacements.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-smiths-meat-is-murder-1985

The Smiths “Meat Is Murder” (1985)

A imagem original do fuzileiro naval Michael Wynn foi tirada em 1967 e continha as palavras “Faça guerra, não amor” em seu capacete. Foi usada do documentário “In the year of the Pig” (1968) de Emile de Antonio, mas a banda alterou a frase para “Meat is Murder”, ou seja, “carne é assassinato” para o álbum de 85.

m-indie-pela-nme-kate-bush-hounds-of-love-1985

Kate Bush “Hounds of Love” (1985)

A imagem de Kate se reclinando bem sedutora na capa assume um tom um pouco mais assustador quando você descobre que foi tirada pelo seu próprio irmão, john Carder Bush.

www.katebush.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-sonic-youth-daydream-nation-1988

Sonic Youth “Daydream Nation” (1988)

Uma seção do quadro `Kerze` pelo artista alemão Gerhard Richter, que era conhecido pelos seus trabalhos fotorrealistas. O original foi leiloado pela Sotheby em 2008, com um preço de orientação de 2,5 milhões de libras, mas foi vendido por 7,1 milhões de libras.

www.sonicyouth.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-stone-roses-the-stone-roses-1989

The Stone Roses “The Stone Roses” (1989)

A arte da capa tem influência do artista Jackson Pollock feita pelo guitarrista da banda John Squire (também um notável artista), que diz ter referência aos motins de Maio de 1968 em Paris. Os limões se ferem a fruta usada como antídoto ao gás lacrimogêneo.

www.thestoneroses.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-pixies-doolittle-1989

Pixies “Doolittle” (1989)

‘Doolittle’ foi o primeiro álbum o qual o design do solo 4AD, Vaughan Oliver, teve acesso as letras em primeira mão. Assim há referências do macaco na música ‘Monkey Gone To Heaven’, também possui referências das músicas ‘I Bleed’ e ‘Gouge Away’. Oliver disse em 2013 que essa continua sendo a sua capa favorita feita para a 4AD.

www.pixies.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-cure-disintegration-1989

The Cure “Disintegration” (1989)

Paul Thompson e Andy Vella tinham feito todos os designs para o The Cure até aquele momento, mas para o álbum ‘Disintegration’ Robert Smith estava pensando em usar alguém novo. Em resposta, Thompson e Vella mudaram o seu estilo usual abstrato para um que focasse a face de Smith, que alguns viram como uma manobra consciente de bajulação.

www.thecure.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-splint-spiderland-1991

Slint “Spiderland” (1991)

A foto da capa, que mostra a banda de pé em uma pedreira abandonada, foi tirada por ninguém menos que Bonnie Prince Billy (também conhecido como Will Oldham). ‘Spiderland’, no entanto, é a única incursão do vocalista em design de capa.

apas-de-album-indie-pela-nme-nirvana-nevermind-1991

Nirvana “Nevermind” (1991)

Concebida após Cobain e Grohl terem assistido um programa sobre partos na água, a capa icônica foi, na verdade, tirada em uma piscina pública com o bebê de três anos de idade Spencer Eldon. Quando preocupações sobre a imagem mostrando o pênis de um bebê foram levantadas, Cobain sugeriu colocar um adesivo dizendo ˜se você está ofendido por isso, você deve ser um pedófilo dentro do armário”.

www.nirvana.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-morrissey-your-arsenal-1992

Morrissey “Your Arsenal” (1992)

As imagens da capa e de trás do disco são ambas tiradas nos shows ao vivo de 1991 no coliseu Nassau em New York. O fotógrafo era um artista visual e cangtor punk Linder Sterling, o qual o cantor descrever como “firme e constante na [sua] vida” desde que se conheceram em 1976.

-capas-de-album-indie-pela-nme-the-prodigy-music-for-the-jilted-generation-1994

The Prodigy “Music For The Jilted” (1994)

Tem dois pedaços de arte nesse álbum, a capa com um rosto gritando de Stuart Haygarth, e as dobras feitas pelo ilustrador de imagens de horror Les Edwards. Liam Hewlett encontrou uma cabeça de gesso no mercado e Camden e pediu a Haygarth para esculpir como se fosse romper um pedaço de pele. Muitos interpretaram como uma resposta visual a ‘criminalization of raves` (um ato do parlamento do Reino Unido) em 1994.

www.theprodigy.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-jeff-buckley-grace-1994

Jeff Buckley “Grace” (1994)

A dupla de designers Nicky Lindeman e Christopher Austopchuk entraram com o conceito da capa, e o maior foco é na boa aparência do cantor. Em uma conversa com a Ínterview Magazine’ em 1994, Buckley rejeitou o rótulo de garoto propaganda: “O jeito que você aparenta não significa nada se você não consegue cantar, ou se você é significativo para as pessoas”.

www.jeffbuckley.com

https://jeffbuckley.shop.musictoday.com/page/YouandI

Portishead “Dummy” (1994)

A imagem do curta de dez minutos ‘To Kill A Dead Man’ uma homenagem aos filmes de espionagem estrelando Barrow como assassino e Gibbons como a mulher perturbada do homem que ele é contratado para matar.

www.portishead.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-oasis-definitely-maybe-1994

Oasis “Definitely Maybe” (1994)

Uma das capas mais icônicas de todas (uma réplica exata do quarto foi depois montada para uma exposição especial), a arte de Definitely Maybe foi tirada na sala de estar de Bonehead com várias referências culturais, como uma cena do filme Três Homens em Conflito e o pôster de Burt Bacharach.

www.oasis.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-PJ-harvey-to-bring-you-my-love-1995

PJ Harvey “To Bring You My Love” (1995)

Os seus dois primeiros discos tinham como capa o trabalho do amigo de Polly e colaboradora visual de longa data Maria Mochnacz. Para o ‘To Bring My Love’ a foto foi tirada pela fotógrafa de moda Valerie Phillips no set do vídeo da música ‘Down By The Water’, dirigido por Mochnacz.

www.pjharvey.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-elastica-elastica-1995

Elastica “Elastica” (1995)

O renomado fotógrafo de moda alemão Juergen Teller que já trabalhou com artistas como Sinead O`Connor, Bjork e Elton John, tirou a foto em preto e branco para o álbum e estreia da Elastica – uma capa que, com seu escasso e estilo poupador, estava além das elaboradas capas conceituais feitas para Blur e Suede.

50-capas-de-album-indie-pela-nme-foo-fighters-foo-fighters-1995

Foo Fighters “Foo Fighters” (1995)

A foto de uma antiga pistola desintegradora Buck Rogers XZ-38 foi tirada pela, mais tarde, esposa de David Grohl: Jennifer Youngblood. A imagem causou controvérsias por causa do modo como Kurt Cobain morreu, mas a única intenção era de combinar com o tema sci-fi do nome da banda (‘foo fighter’ foi um termo da Segunda Guerra Mundial para um OVNI).

www.foofighters.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-belle-and-sebastian-if-youre-feeling-sinister-1996

Belle And Sebastian “If You’re Feeling Sinister” (1996)

No começo da carreira, Belle And Sebastian se recusavam a tirar fotos, por isso toda a arte da banda foi feita por arquivos de fotos de amigos, em homenagem as capas clássicas dos Smiths.

www.belleandsebastian.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-spiritualized-ladies-and-gentleman-1997

Spiritualized “Ladies and Gentlemen” (1997)

“Música é remédio para a alma”, disse Jason Pierce, decidindo na arte minimalista com uma temática de pílulas de remédio para a capa do seu terceiro álbum: “1 comprimido 70min” está escrito na capa. Pierce realmente cortou vários minutos do álbum, a fim de terminar a imagem e fazer a tipografia perfeita. O designer Mark Farrow, desde então, diz se arrepender da embalagem enigmática.

www.spiritualized.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-neutral-milk-hotel-in-the-aeroplane-over-the-sea-1998

Neutral Milk Hotel “In The Airplane Over The Sea” (1998)

Baseado num cartão postal vintage, Mangum pediu aos artista Chris Bilheimer para colocar uma batata no rosto da mulher. O resultado foi uma imagem que beira a nostalgia e algo um pouco intimidante.

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-smashing-pumpkins-adore-1998

The Smashing Pumpkins “Adore” (1998)

A então namorada de Corgan, nascida na Ucrânia, Yelena Yemchuk, que estava envolvida nos vídeos para os singles de ‘Mellon Collie…’ é creditada na direção de arte de ‘Adore’. Comparada com a caprichada ‘Mellon Collie…’ a escuridão gótica da imagem principal foi um sinal para a desolação dentro.

www.thesmashingpumpkins.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-radiohead-kid-a-2000

Radiohead “Kid A” (2000)

O artista autor da capa Stanley Donwood disse “A ideia geral das montanhas era que elas fossem essas paisagens de poder, a ideia de torres e pirâmides˜. Ele e o vocalista Thom Yorke, sob o pseudônimo de Tchock usado quando produz arte, também foram inspirados por um fotógrafo da guerra de Kosovo, que acabou em 1999.

www.radiohead.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-strokes-is-this-it-2001

The Strokes “Is This It” (2001)

A imagem foi tirada pelo fotógrafo Colin Lane, é a foto da sua então namorada e foi tirada espontaneamente depois que ela saiu nua do banho. “Nós tiramos cerca de 10 fotografias. Não houve uma real inspiração, eu estava apenas tentando tirar uma fotografia sensual,” disse Lane sobre a imagem. A capa chegou a ser censurada.

www.thestrokes.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-wilco-yankee-hotel-foxtrot-2002

Wilco “Yankee Hotel Hoxtrot” (2002)

Vindo logo após o 11/09, a capa do ’Yankee Hotel Foxtrot’ a imagem de duas torres tiradas contra um fundo branco tem uma ressonância particular. Elas são, na verdade, as torres gêmeas do conjunto Marina City, na margem norte do rio de Chicago, e a capa foi finalizada antes dos eventos catastróficos.

www.wilco.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-interpol-turn-on-the-bright-lights-2002

Interpol “Turn On The Bright Lights” (2002)

Inspirado por uma paleta mínima de cores e pelo movimento artístico Bauhaus, o artista Sean McCabe eventualmente acabou usando uma fotografia tirada dentro de um cinema de Londres como a capa do álbum de estreia do Interpol “Eles sabiam que o som e a aparência tinham presença naquilo, e eles queriam que [a arte] tivesse um senso de respeito e admiração,” ele diz a respeito da capa.

www.interpolnyc.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-yeah-yeah-yeahs-fever-to-tell-2003

Yeah Yeah Yeahs “Fever To Tell” (2003)

Cody Critcheloe, líder dos electro-punks ’Ssion’, criou as ilustrações de Karen, Nick e Brian. Karen disse mais tarde que ela foi levada pela `falta de sensibilidade artística` da arte da capa: ˜É de minha convicção que Cody é uma lenda cult no processo. Eu fui tomada pelo seu charme elétrico”.

www.yeahyeahyeahs.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-franz-ferdinand-franz-ferdinand-2004

Franz Ferdinand “Franz Ferdinand” (2004)

Em uma conversa com o diretor de arte Matt Cooper em uma exibição feita em 2007 da Domino records ele disse: “Para um design tão simples, isso passou por um surpreendente número de permutações. Em um momento a capa seria a imagem de trás. O ângulo de 13 graus do logo ficará sempre enraizado na minha memória!”.

www.franzferdinand.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-the-killers-hot-fuss-2004

The Killers “Hot Fuss” (2004)

Apesar da bem conhecida raíz de Las Vegas da banda, os edifícios retratados na capa do álbum de estreia de 2004 são. na verdade, de uma fábrica de construção em Shanghai, China. Os caracteres chineses no topo dos edifícios dizem “desenvolvimento de material de construção”.

www.thekillers.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-lcd-soundsystem-lcd-soundsystem-2005

LCD Soundsystem “LCD Soundsystem” (2005)

Depois de anos tocando em bandas punk, a transição e James Murphy em um improvável rei das pistas de dança de 35 anos foi cimentado no álbum de estreia de 2005 do LCD Soundsystem. Que imagem melhor para mostrar isso do que um globo espelhado? Sem esforço, preciso e perfeitamente executado, era típico do Murphy.

www.lcdsoundsystem.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-bloc-party-silent-alarm-2005

Bloc Party “Silent Alarm” (2005)

A paisagem nua de inverno foi fotografada pelo freelance Ness Sherry e expressa um tema desolado de isolamento, solidão e depressão. Um negativo da mesma fotografia foi usada mais tarde em ‘Silent Alarm Remixed’.

www.blocparty.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-kaiser-chiefs-employment-2005

Kaiser Chiefs “Employment” (2005)

Projetado pelo diretos de arte veterano Cally – cujos créditos incluem registros por Nick Drake, Scott Walker, Tricky e mais – a capa foi projetada para se assemelhar a caixa surrada de um jogo de tabuleiro de 1940. A edição de luxo até mesmo vem com um maço de dinheiro no estilo de Monopoly.

www.kaiserchiefs.com

50-capas-de-album-indie-pela-nme-amy-winehouse-back-to-black-2006

Amy Winehouse “Back To Black” (2006)

Amy chegou 4 horas atrasada para a sessão de fotos, depois de ter ficado a noite toda festejando no casamento de sua amiga. Fotografada em um quarto preto na casa da fotógrafa Misha Richter em Kendal Rise, com a porta dos armários pintadas com tinta que imita quadro negro, essa foi a última foto tirada no dia, com as primeiras luzes da noite entrando pela janela da sacada à direita e também a última vez que Richter viu Amy.

www.amywinehouse.com

Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin

Toda semana, uma enews com um incrível artigo
que vai surpreender sua mente criativa.

Submit

Cadastre seu email.

Fique de olho em nossas redes sociais. Siga a gente no Pinterest, Twitter, Facebook & Instagram.

A Zupi é a revista oficial do Pixel Show, o maior festival da América Latina de criatividade.

ENTRE EM CONTATO

TELEFONE:
+55 11 3926-0174
+55 11 96569-8348 (Whatsapp)

ENDEREÇO

Rua Conde de Irajá, 208 –
Vila Mariana, São Paulo – SP,
CEP: 04119-010

ATENDIMENTO

Via Ticket, Chat, eMail ou Telefone
Segunda – Sexta
9h – 18h

Receba nosso conteúdo mensalmente por e-Mail
Cadastre-se
Junte-se a mais de 80mil criativos
close-image
Conteúdo

...