Artista visual cria fonte “sapatão” com base em sapatos femininos

O que há por trás da criação de uma fonte tipográfica? Contexto histórico, cultural, inspiração, criatividade? Em épocas de inclusão, de disseminação da diversidade e respeito ao próximo, são exatamente esses valores que foram priorizados pela artista visual Duda Nieto, de 23 anos, ao conceber a Sola Type, uma fonte por ela definida como “fonte sapatão”.

Com o objetivo de dar visibilidade à comunidade lésbica, a artista capturou “letras” a partir de sola de sapatos de mulheres trans ou lésbicas. Duda conta que a ideia surgiu de uma aula de Design & Layout que teve, quando o professor sugeriu a captura de fontes “ocultas” em objetos e lugares diferentes, como em frutas, comidas, etc.

A artista ainda afirma que é prática comum em seu trabalho, sempre que possível relacionar os temas à realidade lésbica, até como forma de trazer mais visibilidade ao tema. “Achei que não encontraria nada mais sapatão que o próprio sapato. Gostei da ideia de cara e utilizando as pegadas produzidas por essas mulheres e resolvi procurar as fontes nas solas desses sapatos” – , conta Duda que é bolsista na Miami Ad School, no Rio de Janeiro.

A fonte pode ser baixada gratuitamente aqui.

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn