Artista cria relação entre a população neozelandeses e a internet

Paul X Walsh é um artista autodidada que mora na Nova Zelândia. Em 2013 ele fez uma pintura em uma parede da cidade, mas o conselho (da cidade) não gostou e pintou por cima. Um amigo, incomodado com a repercussão, divulgou no jornal e uma empresa de telecomunicações chamada Chorus entrou em contato e ofereceu um trabalho ao artista. Ele teve que pintar as caixas de distribuição e graças à este acordo, sua arte pode ser apreciada não apenas pelos habitantes locais, mas também pelo mundo inteiro.

Seu salário é o suficiente para cobrir o tempo e os materiais, mas esse não é um fator que o impede de criar. Walsh já pintou mais de 50 caixas de ferramentas em toda a Nova Zelândia e ele se iinspira em diversos memes da internet para a criação de suas artes.

A aceitação do seu trabalho foi enorme, tanto nas comunidades locais quanto on-line. Por esse motivo, Walsh planeja pintar outras caixas ao redor do país e talvez do mundo.

Paul X Walsh trabalha em tempo integral com a arte desde 2014, e antes disso trabalhou com design de sites, venda de livros de viagem, trabalhou em lojas de música, lavagem de pratos… a lista é enorme.

Ele trabalha com diversas ferramentas, tais como, spray e aquarela e descreve seu estilo como “surrealismo pop com uma ordem lateral de memes”.

O “X” em seu nome foi uma adição inspirada pelo escritor dos Simpsons / Futurama, David X. Cohen, e serve para distingui-lo do famoso jogador de futebol inglês com o mesmo nome. Ele passa boa parte do tempo trabalhando em comissões comerciais,  públicas e privadas, jogando videogames antigos e fazendo caminhadas com seus dois filhos pequenos.

Conheça agora alguns de seus trabalho. Ah, e não esqueça de acompanhar seu trabalho no site e no Instagram.

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo