SHOP  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO

Artista brasileiro troca grafite por experiências de viagem

Se o alimento é o suprimento básico para manter o corpo em pé, a criatividade e o hábito de enxergar tudo fora da caixa talvez seja o combustível da alma. Para o artista campineiro Biel Siqueira, esse tipo de aprendizado é o que leva vida e inspiração às suas obras que, por meio do spray, apresentam um novo mundo de formas e cores a quem percebe sua arte. Se a descoberta do novo é um motivador a mais, Biel uniu o útil ao agradável: passou a grafitar comércios e interiores de residência mundo afora em troca de experiências de viagem que disseminem seu trabalho por aí.

Na prática, isso começou com amigos de amigos e admiradores das técnicas do artista, que entravam em contato pedindo a realização de um trabalho. No ano passado, ele fez uma viagem para Bordeaux, na França, seguindo essa proposta.

BIEL-SIQUEIRA

“Acredito que a ideia de abrir mão do dinheiro e viajar com apenas as despesas pagas faz dessas viagens algo único e que gera muitas conexões. A ideia de fazer um evento na data em que eu vou executar as pinturas faz com que as pessoas vejam o processo criativo e passem um momento único na vida, que fica eternizado mesmo. Em relação ao custo dos materiais, ele acaba se tornando insignificante quando o objetivo é a parceria e a oportunidade de alavancar a minha qualidade de vida e a troca de experiências”, analisa.
biel-siqueira-1biel-siqueira-2
Entre os destinos nacionais, Bonito, no Mato Grosso do Sul, foi um dos que mais rendeu trabalhos ao artista. Lá, ele pintou um avião dentro de um dos hotéis do grupo Praia Parque, onde ficou por 10 dias, além de deixar sua marca também no hostel Che Lagarto, na mesma região e um restaurante na mesma praia. Tudo isso foi sendo feito em troca de hospedagem e alimentação, em um esquema de parceria e divulgação de seu trabalho.

biel-siqueira-4
Ainda rodando por diferentes países, Biel pintou duas casas na Bolívia e se prepara agora para ir a Amsterdam e Milão, levando sua assinatura para outros cantos da Europa. Paris, Bruxelas e Canadá ainda estão na lista, aguardando confirmação para os próximos meses. “Quero deixar minha marca e utilizar a arte como uma maneira de aproximar as pessoas, de contar histórias. Quero que olhem para o grafite na parede e tenham memórias ali”, define Biel.
biel-siqueira-5

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo