Nascida em 1950, Jenny Holzer é o tipo de artista que, de fato, tem o que dizer ao público. Tanto que escolheu a palavra como forma de expressão.

Indo contra a maré imagética que toma conta da comunicação urbana com seus signos diversos, a norte-americana espalha mensagens com conteúdo poético, social e político há mais de 30 anos por grandes centros mundiais, como Paris, Milão, Chicage e até Rio de Janeiro.

image

Viena, 2006 e Chicago, 2008

image

Liverpool, 2003

Criativas, as intalações da artista exploram o poder da palavra através dos mais diversos formatos. Indo de posters e flyers à stickers ou gigantescas projeções luminosas sobre edifícios e paisagens naturais, as mensagens de Jenny chamam a atenção pelo diálogo que buscam despertar com o público.

image

Milão, 2007

image

Nápoles, 2006

image

Paris, 2001

Chamativos como as chamadas publicitárias que tomam a cidade de assalto, os textos de Holzer geram, no entanto, uma experiência de comunicação mais duradoura – e humana. De fato, ao optar pelo lirismo em detrimento dos imperativos comerciais, Jenny espalha mensagens que, além de belas, não geram impulsos consumistas – a não ser que desperte no transeunte a vontade de comprar um livro.

image

Rio de Janeiro, 1999

+Informações:

Site: Jenny Holzer

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo