Alkahest é um solvente universal hipotético que, segundo os alquimistas, teria o poder de dissolver qualquer substância, incluindo o ouro. É também a metáfora que Jonathan Saiz busca para falar de uma “história que não cessa de mudar, suas partículas e reflexões se dissolvendo em um algo universal”.

Entre outubro de 2011 e maio de 2012, o artista norte-americano esteve na ilha grega de Míconos realizando esta série de pinturas para a galeria Minima. Feitas com tinta a óleo, elas trazem à tona temas ordenados pelo instinto ou pelo impulso artístico de Saiz, que aposta na multiplicidade e na incoerência visual para falar de uma história que assiste à convivência indiferente das formas. Lindas pepitas:

 

 

+ Informações

Jonathan Saiz

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo