SHOP  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO

Nesse exato momento algum designer está quebrando a cabeça, pensando como seu projeto gráfico poderá surpreender. A complexidade aumenta a cada dia, levando em consideração novas tecnologias de impressão e o nível de criatividade aplicada aos projetos gráficos.

Por isso, vamos mostrar aqui algumas dicas que podem te ajudar na hora de fazer algo criativo e único. Para um design que se destaque, você pode optar pelo abandono de formatos tradicionais. Uma boa dica é diversificar na parte física, o toque, o tamanho, o formato. Essa pode ser a primeira boa impressão que o seu material gráfico passará.

Um bom projeto gráfico deve ser estimulante não só paro designer, mas para os seus leitores. Aqui estão algumas ideias que vão auxiliar o seu processo criativo:

 

01. FOLDER COM FOLHAS SOLTAS

Esse folder, pode ser elegante, uma simples pastinha com bolsa ou até mesmo um fichário. Nele é possível inserir todo tipo de material opcional (DVDs, cartões e outras encadernações específicas).

7-dicas-brochura-zupi-7

O mais legal nessa ideia é poder customizar o folder de acordo com a necessidade do seu cliente. Enviar somente as informações pertinentes, além de poupar custos com impressão, é ecologicamente amigável. O Marketing também agradece, você pode enviar novos materiais, novas planilhas, o cliente é incentivado a manter a pasta atualizada, reforçando com a empresa um vínculo a longo prazo.

7-dicas-brochura-zupi-8

 

02. ORIGAMI/DOBRADURA

Com dobraduras de papel você pode se sentir um verdadeiro arquiteto. Além de possibilitar uma interação incrível, ela permite uma grande quantidade de informação dentro de um espaço relativamente pequeno, o que barateia muito o custo de impressão.

Mas Atenção! Evite criar algo demasiadamente complexo. O cliente pode perder o rumo da dobradura e dificilmente saberá devolver o material ao seu estado original.

7-dicas-brochura-zupi-5

7-dicas-brochura-zupi-6

 

03. ABAS

Uma idéia incrivelmente simples. As abas, além de catalogar o conteúdo por sessões, são um recurso que utilizado de maneira correta, ganha um teor de interatividade. A idéia funciona como uma barra de navegação global, como em um projeto de web design.

7-dicas-brochura-zupi-11

7-dicas-brochura-zupi-10

 

04. CORTE E VINCO

Uma faca especial pode dar um efeito interessante para um brochura, quando usado em conjunto com o vinco, o layout pode ser mais eficaz do que adicionar uma imagem ao material.

7-dicas-brochura-zupi-9

Geralmente utilizada em partes de capa e coberturas frontais, com um pouco de criatividade e cuidado, essa ferramenta pode ser usada em qualquer parte. Confira o exemplo abaixo:

7-dicas-brochura-zupi-12

 

05. FORMAS DIFERENCIADAS

Essa dica é um coringa quando o assunto é uma brochura diferenciada. Lógico que existem muitas razões, principalmente técnicas, para a maioria dos materiais impressos serem retangulares. O retângulo está em todo suporte, desde o formato dos monitores (Tv, Computador, Celular) até em obras de arte. Esse formato acaba virando uma prisão psicológica, por isso de vez enquando é bom pensar fora da caixa, literalmente.

7-dicas-brochura-zupi-1

Usar uma forma diferenciada, geralmente aumenta o custo técnico do material, mas agrega em valor. Não se engane, esse exemplo não se trata somente de um triangulo. Usar uma forma diferenciada pode ter vários níveis de transformação.

7-dicas-brochura-zupi-2

 

06. ENCADERNAÇÃO

Como a maioria das brochuras são dobras simples ou quando tem mais páginas,  são cadernos costurados de uma forma discreta. Quase qualquer detalhe que você adicione pode chamar a atenção, então o tipo de espiral ou o método que você escolher, afetará o preço também. Bom, só que isso não significa que precisa ser caro.

7-dicas-brochura-zupi-13

Seja com espirais coloridas, diferentes cores de costura ou até mesmo um grampo ou pino incomum, o resultado pode ser eficaz. No exemplo abaixo, elásticos de várias cores fizeram toda diferença:

7-dicas-brochura-zupi-4

7-dicas-brochura-zupi-3

 

07. SEJA SINCERO

Um bom design deve ser sempre sincero, então tome cuidado. A aparência física do seu material deve estar de acordo com a mensagem e identidade do cliente. De nada adianta uma dobradura super descolada se o objetivo do material é um cardápio para um restaurante de luxo. Seu projeto deve ser observado como um todo, o material, as cores, o padrão tipográfico. Uma forma diferenciada de brochura é só um desses itens.

Por ultimo, mas não menos importante, você nunca deve esquecer que todo material gráfico tem a função de informar sobre alguma coisa. Pense no antes e no depois, certifique-se que ele será lido e a mensagem certa será passada. Pense no meio-ambiente, pergunte-se que fim o material levará. Como designer é sua função facilitar as coisas.

 

 

(referência)

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo