SHOP  •  PIXEL SHOW  •  CONFERÊNCIA  •  PROGRAMAÇÃO

Anônimos Aduzidos lança música inspirada no slogan da Zupi: Abasteça com ideias

[vc_row][vc_column][vc_column_text]

Já ouviu o som da Banda Anônimos Aduzidos? Se não, corre pra conhecer. O som é de um quarteto de músicos que unem em suas criações elementos de literatura, artes visuais e teatro, tudo isso fundamentado nos conceitos do Hip-Hop. Não tem como dar errado. A banda tem como característica, performances artísticas que levam o público à loucura. Foi assim quando participou do Pixel Show, evento organizado pela Zupi, aliás, o maior evento de arte e criatividade da América Latina. Dá uma olhada nas fotos:

[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

anonimos-aduzidos

anonimos-aduzidos-zupi[/vc_column_text][vc_empty_space][vc_column_text]

A banda é de Maringá, no Paraná, e o objetivo dos músicos é contribuir para a diversidade estética musical brasileira. Composta por Laio Thomaz no baixo, Thiago Busato na bateria, Lucas Trabuco na guitarra e D.X no vocal, a primeira aparição da banda para o público foi em 2011 e o primeiro disco, “Ela Própria, o Desconhecido”, foi lançado em 2013. Desde então já levaram prêmios em festivais e dividiram palco com grandes nomes da música brasileira, como: Criolo, Cachorro Grande, Planta & Raiz.

[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

anonimos-aduzidos-2anonimos-aduzidos-3[/vc_column_text][vc_empty_space][vc_column_text]

Você não sabe da melhor parte! A Banda Anônimos Aduzidos tem uma música composta inspirada no slogan da Zupi, “Abasteça com Ideias”. A música é dançante e, apesar da influência de vários estilos, tem uma pegada de hip-hop e é super contemporânea. Pega aí a letra, ouve a música e já vai decorando. O som ficou bem bacana!

[/vc_column_text][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]Quando você sentir
que está a ponto de explodir
e o seu sangue estiver “fervendo”,
A solução pra suprimir
e o estresse diminuir
é parar tudo o que está fazendo
e respirar fundo.
Respire Fundo (3x)!

Respirar fundo é muito bom e me acalma.
Faz bem pra minha mente e também pra
minha alma

Pelo que eu saiba yoga não se faz sem
respirar
E como o ator que não respira vai
representar?

E sem oxigênio nem adianta ser astuto
Porque todos morreríamos nuns três
minutos.

Isso são coisas que querendo a gente
aprende
Até mesmo uma criança as vezes nos
surpreende.

Principalmente quando a surpresa é boa
Ao invés daquela que provem de quem
está toa.

Porque até o mente vazia viveria odisseias
Se abastecesse sua cabeça com ideias.

Mas digo ideias boas, não ideias de jerico.
Ainda espero pela ideia que me deixará rico.

Se for pro bem de todos simplificar o que
comunico

Digam ao povo que fico!
E descomplico na língua do ritmo e poesia.
Pois respiro o hip-hop que inspira o meu dia.

Assim transformo simples versos numa
epopeia abastecendo minha cabeça com ideias.

Se sua cabeça necessita tirar férias
abasteça-a com ideias (4x)
Quando você sentir
que está a ponto de explodir
e o seu sangue estiver “fervendo”,
A solução pra suprimir
e o estresse diminuir
é parar tudo o que está fazendo
e respirar fundo.
Respire Fundo (3x)![/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]Desde o Fôlego de vida toda alma vivente
registra ideias de uma forma
surpreendente:

Das imagens nas paredes às esculturas
idolatradas.

Vemos técnicas à elas atreladas.
São incontáveis produtores culturais de
cada povo

Infelizmente ainda não conhecemos
todos.

Por isso temos que abrir os livros e revistas:
Reconhecer até as merdas dos artistas.

E a partir do invisível ao suporte de papel
Também houveram monumentos que
arranharam o céu

E assim como Babel a confusão se
intensifica
Também no Egito a Esfinge tava na Larica.

Ideal de beleza, civilização grega
São sampleados quando o Império
Romano chega

Quebrando tudo no mundo com mão de
ferro
Fazendo da Guernica de Picasso mero
farelo.

Mas veio a idade média antes do cubismo
Também Renascimento e antropocentrismo

E com certo maneirismo veio o protestantismo
Atiçando a contrarreforma do catolicismo.

Aquele qual, por sua vez, nunca esteve louco

Ao contratar todos os gênios do barroco.
Pros nobres dê o rococó e pros poetas o
arcadismo

Da missão que nos trouxe o
neoclassicismo
Romantismo, realismo, academicismo
Só rompido com a vanguarda do
impressionismo

Dentre outros ismos que nos levam para o
modernismo
E também o antropofagismo.

Neoconcretismo, me deixa meio indeciso
Pra pilotar minha cabeça sem prévio aviso
e vazio também me tornar parte de
qualquer das assembleias
que abasteçam minha cabeça com ideias.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_empty_space][vc_column_text]Entra lá no Facebook deles e acompanhe a banda Anônimos Aduzidos[/vc_column_text][vc_empty_space][vc_column_text]

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][/vc_column][/vc_row]

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn