Alexandre Soma também participou do projeto Unboxing Ray Ban®

[vc_row][vc_column][vc_column_text]soma-gif[/vc_column_text][vc_column_text]

Graduado em design industrial e apaixonado por desenho desde a infância, Soma carrega um currículo extenso, além de já ter participado, junto com a Zupi, da mostra internacional “Brazilian Contemporary” em 2009, ele já esteve na mostra coletiva internacional TROYART e no Live Painting no projeto IBM SMART CAMP BRAZIL (conferência internacional que reuniu startup com foco em novas tecnologias). Soma é professor e ministra workshops de diagramação na Zupi Academy.

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]soma-3[/vc_column_text][/vc_column][vc_column width=”1/2″][vc_column_text]bowie_logonova[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]soma-4[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

Já falamos sobre o projeto Unboxing Ray Ban®‎, onde artistas foram convidados a criarem embalagem exclusiva do E-Commerce oficial Ray Ban®. Os designers da dupla Marmota vs. Milky foram os primeiros e desenvolveram um versão incrível, agora chegou a hora de conhecer a do Alexandre Soma, vem ver como ficou e saber mais sobre o processo de desenvolvimento.

O artista conta que foi uma experiência ótima, pois pode colocar em prática a versão manual do seu trabalho artístico que melhor representa seu espírito criativo de ‘soma’, ele que gosta muito de misturar texturas, materiais, formas e estéticas.


soma-ray-ban-3[/vc_column_text][vc_column_text]

“O “Soma” é o conceito. Sou formado em design de produto, numa época sem computadores. Nosso trabalho era obrigatóriamente analógico. Aprendi com o ensino metodológico do design essa liberdade de me permitir unir mundos diversos. Minhas artes seguem essa mesma questão só que mais filosoficamente. O orgânico e o tecnológico andam juntos. É uma simbiose de estilos, da vivência do popular, da padronagem indígena à sofisticação do construtivismo russo e alemão.” Contou Alexandre Soma.

[/vc_column_text][vc_column_text]Ele completa explicando que adorou participar, já que teve a oportunidade explorar também o tema das raças e de que somos todos humanos, não importa como nascemos. Foi utilizado técnica mista para o trabalho. “Até lixo industrial eu uso. Tudo que possa transmitir meu conceito de “soma” daquilo que é “da terra” com aquilo que é “da máquina”.”[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]soma-ray-ban-7soma-ray-bansoma-ray-ban-8soma-ray-ban-6soma-ray-ban-4soma-ray-ban-2[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_column_text]

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

E que tal todos os #raybanlovers deixarem a criatividade correr solta desenvolverem suas versões?

Compartilhe via...

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Abasteça com ideias lendo novas histórias abaixo