10 criativas interferências publicitárias em prédios

Conseguir prender (ou no mínimo chamar) a atenção do público é fundamental, mas como conseguir isso no meio de tanta concorrência? Fazer interferências interativas em prédios (sejam empenas ou não) parece ser uma solução eficaz.

A importância do ponto de vista para uma fotografia

Essa é a maior razão pela qual aprendemos sobre os ângulos da câmera nas aulas de fotografia. Confira, a seguir, uma seleção com as melhores fotos onde o ponto de vista do fotógrafo criou imagens ridiculamente estranhas e engraçadas.

Como as mulheres se despiam em 1937

Esta sessão de fotos de 1937 mostra o contraste na arte de se ‘despir’, no melhor estilo de stripper “burlesco”, por June St. Clair, em comparação com uma “mulher normal”, que não se despem mais com o fascínio do companheiro. As fotos foram por feitas por Peter Stackpole para a Escola Gilbert Allen.

Olly Moss e sua interpretação dos heróis

O inglês Olly Moss declarou estar no constante dever de arruinar a imagem que temos dos super-heróis. A série, por enquanto, ainda só tem duas imagens, o suficiente para que nunca mais vejamos o Homem-Aranha e o Wolverine (ou seriam dois Batmans?) com os mesmos olhos. Confira!

Lindas fotografias feitas no momento do impacto

Alan Sailer é um excelente e criativo artista, especializado em alta velocidade de disparos. Ele sempre foi apaixonado em explodir coisas com tiros como: utensílios domésticos, frutas ou coisas que encontra em brechós, mercados de pulga e vendas de garagem.

Ilustrações de Tuomas Ikonen

Tuomas Ikonen é um ilustrador e artista de Helsinki, Finlândia. Seus dias são basicamente criar imagens de criaturas antropomórficas perturbadoramente felizes do passado de uma realidade própria e alternativa.

A arte de meditar empilhando pedras

Você anda estressado? Uma solução para ficar mais calmo e encontrar o próprio equilíbrio é o empilhamento de pedras. Pode parecer estranho, mas o artista Michael Grab vem fazendo trabalhos maravilhosos empilhando pedras.

Grafitti de linhas coloridas de Laura Ortiz Vega

Olhe atentamente, isso não é tinta spray. A artista mexicana, Laura Ortiz Vega, leva as imagens feitas de concreto e pintura, agressivas e caóticas, e as transforma em algo delicado e bonito usando as técnicas tradicionais do povo Huichol – pintando a superfície de seu painel com linhas coloridas coladas com cera de abelha natural chamada cera de Campeche.

Baptiste Debombourg e sua incrível arte com grampos

O artista francês Baptiste Debombourg surpreendeu recentemente com seu trabalho “Aérea”, e agora, olhando para “Aggravure”, seu trabalho entre 2007 e 2012 que justapõe imagens clássicas com grampos como uma espécie de gravura contemporânea “maneirista”

Slinkachu e sua nova obra

O arstista londrino Slinkachu estava exibindo na Bélgica, porém, há cerca de uma semana, parece que ele tem estado ocupado com a criação de uma pessoa minúscula esmagada sob o pé de um cara gigante em um parque de gelo em Moscou.

Zupi Hangout: bate-papo com Chor Boogie!

O americano Chor Boogie é um artista com muita técnica. É difícil não identificar um trabalho do cara, que usa cores vibrantes em todas as suas obras. Sempre original, cada arte de Boogie traz uma história vibrante ligada a ele. No Hangout de hoje, o Allan, nosso editor e idealizador, vai descobrir algumas dessas histórias. Confira!

O rosto multifacetado de Mischer Trauxler Studio

Aproveitando o fato de que os rostos e personalidades não são planas, que cada um tem a sua, sempre multifacetados, o Mischer Trauxler Studio projetou “Camadas de mim”, um espelho de mesa composto de várias folhas de superfícies reflexivas que cria uma metáfora visual do mesmo.