Um lugar para chamar de seu

Conhecer novos lugares no mundo faz com que nosso olhar seja modificado de alguma maneira. A quadrinista alemã Birgit Weyhe veio para São Paulo em um intercâmbio de artistas promovido pelo instituto Goethe durante um mês. Durante essa viagem conheceu diversos lugares, hábitos e culturas, e a partir disso começou a retratar a São Paulo em desenhos que são narrados por ela mesma.

A física da breakdance

Nesta nova e impressionante série de ilustrações, o francês Florian Nicolle incorpora vetores e equações matemáticas às cores livres da aquarela para retratar a física complexa da breakdance. Os trabalhos são um estudo para a nova identidade visual da escola Volnorez. Veja.