O que é o glitch?

A estética glitch vem reunindo cada vez mais adeptos no campo da arte. Nela, erros e defeitos tecnológicos são explorados na produção de imagens que subvertem a bolha de previsibilidade e determinação que os códigos tecnológicos preservam. O brasileiro José Irion Neto, a holandesa Rosa Menkman e o norte-americano Phillip Stearns são alguns expoentes dessa nova estética – conheça seus trabalhos.

Objetos cabeludos

Na série Hairy Objects, a artista chinesa Hong Chun Zhang faz um implante de cabelos em diversos objetos, que vão de hambúrgueres a fitas K7 e rolos de papel higiênico. Sua intenção é brincar com humor, beleza e nojo, usando o cabelo como fio condutor dessas ideias. Veja aqui este trabalho surreal.

Ballpit, de Kyle Mowat

Ballpit é a tese de conclusão de curso de Kyle Mowat, artista canadense do audiovisual que apresenta aqui um vídeo deliciosamente fluido e abstrato. Cores e formas se desenrolam em mutação e multiplicação inconstantes, acompanhadas por trilha sonora insana de Lido Pimienta. Assista aqui ao vídeo.

Arte digital de Antoni Tudisco

Design é arte? O alemão Antoni Tudisco diz que não, e faz questão de separar o joio do trigo. Mas, se na teoria a distinção funciona, na prática não é bem assim: afinal, as composições digitais de sua série “Kill Art, Trust Design” seriam obras de design ou de arte? Enquanto a pergunta permanece sem resposta, os trabalhos brilham. Clique e veja.

Sampa Graffiti 16#

Magrela pinta há cinco anos, largou o curso de administração para se dedicar apenas ao graffiti. Nessa edição do Sampa Graffiti você confere um pouco sobre a vida dessa artista e um pouco do processo ao fazer um graffiti na Vila Leopoldina, Zona Oeste de São Paulo.